TIM (45) 99942-1621 TIM (45)99945-0872 OI (45) 3572-3227

Fazenda Esperança. 3000 ha. Roda Velha. São Desidério. BA

Venda
R$ 20.000.000,00

Informações do imóvel

Tipo de imóvel Fazenda
Código 114
Endereço Estrada Rural Vicinal, distante 18 km da BA-463
Numero 870
Complemento Fazenda Esperança
Bairro Roda Velha
Ponto de referência Rio Galheirão
Cidade São Desidério
Transação Venda
Finalidade Rural
Dormitórios 4
Banheiros 2
Área construída 600Hectares
Metragem 3000
Aceita financiamento Sim

Descrição

Fazenda Esperança com 3.000 hectares na região de Roda Velha, município de São Desidério no oeste da Bahia.
Área total:
- 3.000 hectares.
Localização:
- Área localizada na região de Roda Velha no município de São Desidério no oeste da Bahia, vizinha a Fazenda Grande Oeste.
Acesso:
- Área localizada a 70 km de Roda Velha.
- Estrada Rural Vicinal transitável o ano todo, a 18 km do asfalto, BA-463.
- 87 km da Cargill.
- 87 km da BUNGE.
- 210 km da cidade de Luis Eduardo Magalhães.
Área de cultivo:
- 2.340 hectares de área para cultivo.
Solo:
- 25% a 35% de argila, solo vermelho.
Topografia:
- 100% Plana, tabuleiro.
Hidrografia:
- Rio da Estiva ou Galheirão na divisa a Noroeste da Fazenda, Córrego 1 e Córrego 2 cortando a Fazenda.
- Processo de outorga para irrigação de área com 600 hectares em finalização nos órgãos competentes.
Altitude:
- 770 metros.
Aptidão:
Agricultura: soja, milho, algodão, café, fruticultura.
Pecuária.
Infra-estrutura:
- 01 Casa sede.
- 01 Galpão cobertura metálica.
- Energia elétrica passa dentro da fazenda.
Índice pluviométrico:
- 1.200 mm a 1.500 mm/ano.
Reserva legal:
- 20% - 600 hectares.
Vegetação:
- Cerrado.
Documentação:
- 100% documentada.
- Área dividida em duas matriculas, uma em nome de pessoa física e outra em nome de pessoa jurídica.
- Área certificada e Georeferenciada.
Informações complementares:
- Em frente à Fazenda Grande Oeste.
- Próximo a Fazenda Esperança iniciou-se uma hidrelétrica da família de Abílio Diniz que gera energia elétrica através de Capim Elefante com investimento acima de 100 milhões de reais.
- A Ferrovia vai passar próximo ao Eixão e da Fazenda Esperança.
- A Fazenda Esperança encontra-se desativada há algum tempo.

Preço:

- Valor correspondente a 100 sacas de soja por hectare, totalizando o valor correspondente a 300.000 sacas de soja, à vista.

Condições de pagamento a prazo:

- A vista, mas estuda proposta de pagamento.

OBS.:
1. O Valor deste imóvel está sujeito a confirmação com o proprietário, podendo ser alterado a qualquer tempo sem nenhum aviso prévio.
2. Devido à dinâmica do mercado, oferta sob consulta de disponibilidade junto ao proprietário.

Informações e venda:

JT Imóveis & Commodities
CRECI: 4.611-J - PR
Imobiliária autorizada.

Joval Gomes da Silva.
Realtor - NAR ID NRDS: 61.215.929
CRECI: 9.492-F - PR
Perito Avaliador Judicial. CNAI: 3.629
Facilitador

Tatiana Pinheiro da Silva
Corretora de Imóveis.
Perita Avaliadora Imobiliária.
CRECI: 25.759-F - PR
Facilitadora

Nome do condomínio Características da Oeste da Bahia
Código 19
Estágio Entregue

Descrição

Características da Região Oeste da Bahia:
- Geomorfologia: Plano Sub-Estrutural dos Gerais, Patamares Estruturais, Pedimentos Funcionais, Pediplano Sertanejo, Regiões de Acumulação.
- Geologia: Província São Francisco do Norte/Mesozóico.
- Solos: Argissolo Vermelho - Amarelo Eutrófico, Cambissolo Háplico Eutrófico, Cambissolo Háplico Distrófico, Gleissolo Háplico, Latossolo Vermelho - Amarelo Eutrófico e Distrófico (mais expressivos na área), Neossolos Fúlvicos Eutróficos, Quartzarênicos, Litólicos Distróficos e Eutróficos.
- Vegetação: Cerrado, Veredas, Floresta Estacional.
Umidade do ar: Média de 70%, sendo que a máxima de 80% em dezembro e a mínima de 50% em agosto. O risco de seca é de abaixo.
- Temperatura média anual (ºC): Máximas e mínimas de 26º e 20º.
- Índices Pluviométricos (mm): 1000 a 1900 mm ao ano.
- Período chuvoso: Junho a Agosto.
- Período seco: Abril a Maio.
- Tipo climático: Subúmido a seco.
- Bacia e Sub-bacias Hidrográficas: São Francisco - Grande, Corrente e Carinhanha.
- Relevo: Plano;
- Ocupação: Culturas anuais (soja, milho e algodão);
- Altitude média: 540 metros.
Capacidade do solo:
Identificação e classificação do solo:
- Solo Latossolo Vermelho-Amarelos e Amarelos distróficos típicos textura franco-argiloarenosa do cerrado do oeste baiano, apresentam a predominância de areia média e areia fina na fração areia e, em menor proporção, de areia muito fina, possibilitando um arranjo mais justo das partículas e menor porosidade. Quanto à mineralogia da fração argila, estes solos apresentam a predominância de caulinita, proporcionando um caráter coeso quando seco e alta fragilidade estrutural quando sob manejo intensivo.
Características do solo:
Vegetação de campo cerrado sujo, bem desenvolvido, terço médio a inferior da pendente, condições de má drenagem, cores acinzentadas (10YR 3/1 e 6/1) até 33 cm de profundidade, vermelho claro até 122 cm e amarelo abaixo, estrutura em blocos subangulares, fraca, até 69 cm, blocos angulares no Bw1 e grãos simples abaixo, matéria orgânica comum até 33 cm, raízes comuns até 69 cm.
Recomendações de manejo de solo:
a - a diminuição das doses aplicadas de calcário dolomítico e/ou a sua substituição para evitar a elevação do pH do solo e a dispersão da argila;
b - o uso de sistemas de preparo reduzido do solo (plantio direto) evitando a destruição da fraca estrutura, incluindo a possibilidade de uso de áreas de campo nativo, com aplicação de corretivos em superfície e o plantio direto de culturas anuais, como meio de evitar o efeito físico do preparo do solo.
Capacidade de uso:
Solo apto à exploração extensiva de culturas anuais (soja, algodão, arroz, feijão, sorgo, milho, cafeicultura irrigada, etc.), pecuária, ovinocultura, caprinocultura, fruticultura.
Clima:
Clima Tropical Semi-Úmido a seco.
O clima da região possui duas estações definidas. Período chuvoso que vai de setembro a abril e período seco que vai de maio a agosto. A chuva durante a estação é bem definida, média 2000 mm/ano.

Mapa